top of page

Agricultura cria sistema para cadastro de cultivos sensíveis a herbicidas hormonais

Atualizado: 25 de set. de 2020

Essa ferramenta permitirá a autodeclaração dos produtores de uva, citros, noz-pecã, maçã, erva-mate, tomate, oliva e hortaliças.


Créditos: Gaúcha ZH



A Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), dando continuidade às ações de prevenção à deriva do 2,4-D, está disponibilizando a consulta pública das propriedades rurais com cultivos sensíveis a este herbicida hormonal.


A declaração tem que conter a espécie vegetal, a área cultivada, o início do plantio, o início da colheita e a produção, devendo ser atualizada anualmente. "Essa consulta pública também permitirá que as revendas de agrotóxicos e os profissionais da área consultem o cadastro para saber se há propriedade de risco na região onde está sendo recomendado o uso do herbicida hormonal", explica o secretário Covatti Filho.


A disponibilização desta ferramenta faz parte da Instrução Normativa Seapdr 08/2019, publicada em 28 de agosto do ano passado, e que estabelece o regramento do cadastro das propriedades agrícolas e dos produtores que tem cultivos sensíveis, ou seja, aqueles que apresentam sintomas de fitotoxidade quando expostos aos agrotóxicos do grupo das auxinas sintéticas. 



Tutorial cadastro de cultivos sensíveis:



Tutorial consulta pública:



A consulta pública pode ser acessada neste link:



Acesso ao sistema:



Fonte: Agricultura.rs.gov.br

79 visualizações0 comentário

Comments


whatsapp.png
bottom of page