News semanal IBPecan: as notícias que são destaque na Pecanicultura

01/11/21 a 05/11/21



Estudo mostra que consumo diário de nozes não engorda


Matéria no site do INC (International Nut & Dried Fruit Council) aborda estudo recente publicado na Obesity Reviews (jornal com melhor classificação no campo da obesidade) que explora como o consumo de nozes está relacionado ao controle de peso. Os autores concluem que o consumo de nozes recomendado de 30 a 45 gramas por dia não está associado a medidas de aumento da adiposidade e a preocupação de que a ingestão da fruta leva ao ganho de peso é injustificada. Acesse: https://bit.ly/3D1iqId.



Requisitos mínimos de identidade e qualidade das nozes em debate


O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento convida para a audiência pública sobre a proposta de portaria definindo os requisitos mínimos de identidade e qualidade para amêndoas, castanhas, nozes e frutas secas. A reunião presencial está marcada para o próximo dia 9, das 9 às 18 horas, no Auditório Jonas Pinheiro, do MAPA, em Brasília/DF. O objetivo é permitir a participação e a exposição técnica de órgãos, entidades ou pessoas interessadas sobre pauta predefinida de tópicos relacionados à proposta de regulamentação. Interessados podem enviar questionamentos prévios e devem confirmar presença até hoje (5) para o e-mail cgqv-dipov@agricultura.gov.br. As informações sobre o acesso ao evento encontram-se na página https://lnkd.in/dVJs56gq.



Participe da pesquisa on-line sobre a situação da pecan no Brasil



Os associados do IBPecan estão convidados a responderem ao questionário on-line sobre a situação dos pomares da pecan no Brasil. O objetivo é conhecer a realidade do setor, e as contribuições farão parte do projeto de pesquisa ‘Bases para produção sustentável de noz-pecan no Brasil’, da Embrapa, e do Projeto Pecan 2030, parceria da Embrapa e IBPecan. O questionário é simples, não existe resposta certa ou errada, podendo ser respondido em aproximadamente sete minutos. Os dados coletados são confidenciais e serão utilizados apenas para a pesquisa científica. Acesse: