top of page

Estudo avalia resposta da pecan à fertilização com nitrogênio

Atualizado: 9 de mar. de 2021

‘Resposta da noz-pecan à fonte de fertilizante de nitrogênio’ é título de pesquisa publicada no site HortScience, voltado à horticultura.





De autoria do professor Lenny Wells, especialista em horticultura de extensão para nozes na Universidade da Geórgia, nos Estados Unidos, o estudo concentra-se em estratégias práticas de gestão cultural que visam aumentar a sustentabilidade econômica e ambiental da produção da pecan. Para Wells, uma melhor compreensão da eficácia de várias formas de nitrogênio (N) na produção da nogueira-pecan ajudaria os produtores a tomarem decisões mais acertadas em relação à fertilização de seus pomares.



Conforme o autor, a fertilização com N é o principal componente do manejo de nutrientes da noz-pecan e representa um custo significativo para os produtores nos EUA. Por isso, sua pesquisa investiga os efeitos de várias fontes de fertilizantes de N seco em taxas variáveis sobre a concentração de nutrientes no tecido foliar da pecan, índice de clorofila da folha, rendimento e peso da fruta, porcentagem de kernel, crescimento da circunferência do tronco, eficiência de rendimento da árvore e produção alternada.


O autor mostra a diferença de produtividade, em pomar plantado em 2008 com espaçamento entre plantas de 12,2 x 12,2 m, ou seja, 67 plantas/ha.





''Adubação nitrogenada aumenta a produção do pomar'' - Episódio de PecanCast




251 visualizações0 comentário

Comments


whatsapp.png
bottom of page