Casca da noz-pecan: nutrição além do fruto.

Não descarte mais a casca da noz-pecan: querida por cozinheiros, ela também é uma grande aliada no combate a várias doenças.


Normalmente tratamos a casca da noz-pecã como “peso morto”, algo pelo qual nos recusamos a pagar. E verdade seja dita, é muito mais comum encontrarmos esta oleaginosa já descascada, em pequenos pacotes ou a granel. Mas perdemos muito mais do que pensamos ao não utilizarmos as cascas.


Em primeiro lugar, o quilo da noz-pecan descascada chega a custar oito vezes mais do que sua versão ainda com casca em supermercados e lojas de produtos naturais. Outro ponto forte, são suas qualidades aromáticas, bastante exploradas por cozinheiros, e sua eficácia no combate à peroxidação lipídica.



Baixo custo e muitos benefícios


O bolso parece pesar, mas não é bem assim. A casca representa aproximadamente 50% do peso total da noz-pecan. O preço costuma acompanhar essa proporção inversamente, não havendo perdas nem danos.


Abrir uma noz não é tarefa fácil, mas não é exatamente complicado. Basta aplicar um pouco de pressão sobre ela para que seu invólucro se rompa. E caso você queira armazená-las por um longo período de tempo, é preferível manter as pecans encapsulada. Hoje em dia, porém, já há no mercado uma grande variedade de marcas que oferecem a casca da pecan embalada e pronta para o uso, moída e higienizada.


Mas e então, o que fazer com as cascas?


Uma dica super bacana é utilizá-las diretamente no fogo: a madeira da nogueira possui

propriedades aromáticas, também presentes nas cascas da noz pecan, bastante apreciadas por chefs de cozinha, e capazes de conferir um sabor mais adocicado à carne.


Para quem não gosta de cozinhar, há a opção de explorar os benefícios das cascas para

a saúde. Assim como suas amêndoas, as cascas da noz pecan são ricas em antioxidantes, importantes para equilibrar os níveis de colesterol no sangue. Em pesquisas recentes conduzidas na Universidade Federal de Santa Maria, ratos que receberam doses diárias de extratos de cascas de noz pecan mostraram uma queda considerável na peroxidação lipídica em seu sangue, resultando, por exemplo, na redução do risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Outro estudo, conduzido por pesquisadores da Universidade Federal do Sergipe e da Universidade Tiradentes, do mesmo estado, mostrou a relação da peroxidação lipídica com complicações patológicas em pacientes obesos.




Como usar?


Para o uso comum, indica-se o do chá da casca da noz pecan. Seu preparo é bastante simples: basta ferver dois litros de água e acrescentar uma colher de sopa da casca moída, deixando a mistura em repouso por aproximadamente 15 minutos. Beber imediatamente após coar, e não consumir exageradamente.


A pecan atua como uma forte aliada no tratamento e prevenção de uma série de patologias, mas não substitui o tratamento convencional. As doenças cardiovasculares já atingiram proporções epidêmicas, preocupando especialistas e órgãos internacionais, como a Organização Mundial da Saúde.