News semanal IBPecan:as notícias que são destaque na pecanicultura

24/05/21 a 28/05/21



Farsul celebra 94 anos em defesa dos produtores rurais e da agropecuária





A Farsul (Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul) completou 94 anos no dia 24 de maio, sendo a Federação mais antiga do Brasil. “Ao longo de sua existência, foram inúmeras lutas e desafios sempre em defesa dos produtores rurais e da agropecuária gaúcha e nacional. E essa história construída por meio da união de um setor que seguiu trabalhando quando quase todo o planeta parou, garantindo o alimento na mesa de mais de 200 países e se mantendo como base da economia nacional, merece ser comemorada”, afirmou o presidente da entidade, Gedeão Silveira Pereira.









Programa Pró-Pecã completa quatro anos de existência



Em 26 de maio de 2017, foi publicado no Diário Oficial do Governo do Estado o Decreto nº 53.549, instituindo o Programa Estadual de Desenvolvimento da Pecanicultura - Pró-Pecã. Coordenado pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, tem o propósito de incentivar, fomentar e coordenar ações com vistas à expansão da produção da pecan e do beneficiamento. Tem como beneficiários produtores rurais, viveiristas, agroindustriais, agentes apoiadores da cadeia produtiva, estudantes de ensino agrícola e consumidores em geral.






Valores de noz-pecan pagos aos produtores nos EUA


Com dados publicados no site da Pecan Report, informamos os valores que, de acordo com o padrão comercial dos Estados Unidos, os produtores daquele País estão vendendo a noz-pecan com casca segundo a quantidade de frutos necessária para formar um quilograma:


O câmbio utilizado para os valores em reais é desta quinta-feira (27): R$ 5,2833*.



Produção mundial da pecan para 2020/2021 tem aumento estimado de 7%


Conforme dados do Conselho Internacional de Nozes e Frutas Secas (INC), a produção mundial de pecan para 2020/2021 foi estimada em 166.362 toneladas métricas, um aumento de 7% em relação a 2019/2020 e 35% em comparação à média dos 10 anos anteriores, o valor mais alto da última década. México e Estados Unidos lideram a produção com participações de 49% e 41% respectivamente. Os seguintes 8% foram divididos entre África do Sul, Brasil e Austrália. África do Sul e Brasil tiveram crescimento consistente e a expectativa é que continuem evoluindo.


Download

1621253983_INC_Statistical_Yearbook_2020
.
Download • 7.04MB



Mercado da pecan no Brasil e no mundo é tema de seminário


No segundo dia do VI Seminário da Cultura da Noz-Pecan, em 27 de maio, entrou em debate o tema ‘Mercado para noz-pecan no Brasil e no mundo’. Participaram os debatedores Hugo Enrique Perdomo (Delta Comex - Pecanes Del Sur - Argentina), Claiton Wallauer (Pecanita - Brasil), Sally Arn (Carter Pecan - EUA) e o mediador Paulo Lipp João, coordenador das Câmaras Setoriais e Temáticas da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do Rio Grande do Sul. Acesse:


Acesse as edições:



DIA 1 - https://www.youtube.com/watch?v=tCNL069179Q


DIA 2 - https://www.youtube.com/watch?v=HglRh1sJGiY







50 visualizações0 comentário