top of page

IBPecan prestigia evento de fruticultura em Santa Catarina

Foi com uma mesa farta, composta por produtos e frutos da região, que uma comitiva do Instituto Brasileio de Pecanicultura (IBPecan) foi recebido pelos organizadores do 3º Seminário de Fruticultura de Itá, realizado nos dias 6 e 7 de dezembro naquele município do estado de Santa Catarina. O evento, com o objetivo de levar novas opções da fruticultura para diversificação da renda das propriedades rurais e integração com a produção de gado leiteiro, suínos e aves, teve enfoque no cultivo de nogueira-pecã, pitaya, morango, pêssego e mirtilo. 


O evento contou com dois dias de atividades sendo que, no primeiro, foi realizado um dia de campo sobre a cultura da noz-pecã, com atividades práticas relacionadas à implantação e manejo de pomares de nogueira-pecã, colheita, secagem e conservação de nozes. As atividades foram ministradas pelo associado técnico do IBPecan Tales Poletto. Já no segundo, a comitiva do IBPecan composta ainda pelo presidente Eduardo Basso e pelo produtor Arlindo Maróstica, ministrou as palestras Fundamentos para a Produção e Desenvolvimento da Nogueira-pecã na Região de Itá e Oeste Catarinense e Case de sucesso: Produtor Arlindo Maróstica, relato sobre as experiências e desafios de um pomar de noz-pecã.

 






Eduardo Basso destaca que, nesse espaço, foi possível discutir temas como a qualidade de mudas, espaçamentos de pomares, manejos, custos, lucratividade e mercado nacional e internacional para a noz-pecã. “Além disso, o IBPecan também apontou algumas ações que podem melhorar o desenvolvimento da cultura na região, como a atualização constante dos profissionais ligados à cultura, à assistência técnica aos produtores, realização de visitas técnicas a pomares, desenvolvimento de associações de produtores, construção de unidades de processamento e armazenamento da noz-pecã e a associação no instituto”, relata Basso. 



Redação: Ieda Risco - Agroeffective


38 visualizações0 comentário

コメント


whatsapp.png
bottom of page