top of page

#ComaPecan: Você está ingerindo fósforo suficiente?

Explicando de forma bem simples, o fósforo é vital para os processos de crescimento e

"manutenção" dos ossos e dentes. A boa notícia é que em uma porção de 100 g. de

pecans, você consegue s uprir mais de 1/3 desse valor, o suficiente para preencher as lacunas deixadas pela sua dieta.


Você provavelmente não está ingerindo fósforo o suficiente E não tem nada de estranho em afirmar isso: de certa forma, nossa dieta acaba pecando muito em certos minerais, dos quais pouco falamos e que são essenciais para nossa saúde. Você já sentiu alguma vez uma dor aguda que parece vir de suas articulações e ossos, como se eles estivessem enfraquecidos? Não gosto de dar tiros no escuro, mas isso pode ser culpa de uma alimentação pobre em fósforo. Falamos muito pouco sobre este mineral e sua importância para nossa saúde. No entanto, e le é fundamental para nossos ossos. A hipofosfatemia, sua deficiência, pode inclusive levar à deficiência de cálcio. Como aproximadamente 85% do fósforo que "estocamos" em nosso organismo vai para os ossos, fica fácil entender o porquê.


Vários fatores podem dar um empurrãozinho para que nossos níveis de fósforo fiquem abaixo do ideal . Agora, o mais preocupante é que muitas vezes não nos alimentamos de forma a repor o que foi perdido. Se você pratica esportes, deve ficar atento a sua alimentação para que não deixe de fora, nenhum mineral. E quanto ao fósforo, aqui

vai um spoiler : aumente o consumo de noz pecan. Antes de continuar lendo o texto, guarde essa informação: 100 g. de pecans contém mais de 30% da quantidade de fósforo que a OMS recomenda para o consumo diário de um adulto.



Antes de falar mais sobre a pecan e a reposição do fósforo, é importante falar sobre os fatores que contribuem para a perda de fósforo. Até porque a reposição, sem uma sensível mudança de hábitos, vai apenas remediar o problema.


Dentre as principais forças motoras da hipofosfatemia estão a diabetes, períodos prolongados sem comer, alcoolismo e uso excessivo de diuréticos e antiácidos



A atuação do fósforo nos ossos


No que diz respeito aos nossos ossos, não são apenas os níveis de cálcio que sofrem com a atuação direta da deficiência de fósforo. Existe uma série de processos pelo qual esse mineral é responsável e que podem ser comprometidos eles estão relacionados, de uma forma ou de outra, com as dores estranhas que você vem sentindo nos ossos e articulações.


Explicando de forma bem simples, o fósforo é vital para os processos de crescimento e

"manutenção" dos ossos e dentes. Agindo em conjunto com o cálcio, ele fortalece a estrutura óssea, tornando a mais resistente a desgastes. Ele também possui um papel

importante para a saúde das gengivas, além de ajudar a preservar o esmalte dos dentes. O fósforo também desempenha um papel importante atenuando a desmineralização óssea, que costuma atingir pessoas acima dos 50 anos, e que se intensifica ainda mais com o tempo. É claro que o efeito do fósforo em seu organismo só será maximizado caso você limite os fatores de risco e aumente o consumo do mineral na sua alimentação.


Quanto consumir?


Já que mencionamos as nozes, existem dois parâmetros a considerar : quanto consumi las e quanto consumir de fósforo. Digo isso porque não são apenas minerais que a pecan pode te oferecer: o leque é muito maior. Tanto que órgãos internacionais de saúde, como a OMS e a USFDA, indicam um consumo mínimo diário de 43,5 g. de pecans. E elas são tão nutritivas que não se conhece um valor limite. Já no caso do fósforo, para atingir todos os benefícios que ele pode oferecer, é necessário um consumo diário de aproxi m adamente 700 mg.


A boa notícia é que em uma porção de 100 g. de pecans, você consegue suprir mais de 1/3 desse valor, o suficiente para preencher as lacunas deixadas pela sua dieta.

Investir em mix de nozes, que podem ser feitos em casa, é uma boa alternativa para quem possui rotinas atarefadas. Substituir os lanches gordurosos de padaria p or estes snacks pode te ajudar a viver mais e melhor.



Bibliografia

Que tal prevenir a osteoporose e várias outras

doenças apenas com algumas nozes?. Fonte da

imagem: Tseiu.

DRAPER, HH.; SCYTHES, CA. Calcium, phosphorus,

DRAPER, HH.; SCYTHES, CA. Calcium, phosphorus, and osteoporosis. NCBI, 1981.and osteoporosis. NCBI, 1981.

HEANEY, RP. Phosphorus nutrition and the treatment of

HEANEY, RP. Phosphorus nutrition and the treatment of osteoporosis. NCBI, 2004.osteoporosis. NCBI, 2004.

CALVO, NS. The effects of high

CALVO, NS. The effects of high phosphorus intake on phosphorus intake on calcium homeostasis. NCBI, 1994.calcium homeostasis. NCBI, 1994.

*Acadêmico de Comunicação Social/UFSM e Editor de

*Acadêmico de Comunicação Social/UFSM e Editor de Conteúdo do portal de saúde Medictando.com.Conteúdo do portal de saúde Medictando.com.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
whatsapp.png
bottom of page