Brasil exporta 200 milhões de dólares em nozes e castanhas por ano

O Brasil exporta cerca de 200 milhões de dólares em nozes e castanhas por ano. Esses alimentos têm sido cada vez mais consumidos, em todo mundo, por causa dos benefícios à saúde.


O setor investe em tecnologia e pesquisa para aumentar a produtividade.

Impulsionado por um mercado rentável e pela crescente demanda global, o Brasil vem subindo no ranking mundial de produtores de noz-pecan. Em 2019, a produção nacional chegou a 3.500 toneladas, o que colocou o país entre os quatro maiores produtores do mundo de noz – pecã , atrás apenas do México, EUA e África do Sul.


O novo mapa mundial da produção de noz – pecã foi apresentado no ano passado no Congresso do Conselho Internacional de Nozes, na Flórida (EUA). Embora esteja a longa distância dos grandes produtores, o Brasil mostra a aptidão para o cultivo do fruto.



Fonte: TV Brasil



Conheça as ações importantes que o IBPecan está realizando para habilitar a exportação da noz-pecan para o mundo:

https://www.ibpecan.org/blog/categories/exporta%C3%A7%C3%A3o



Fonte*: Agro em Dia: (Publicado em janeiro/2020)





Av. Presidente Roosevelt, 1264 lj. 36
Porto Alegre, RS 90230-002

contato@ibpecan.org

Tel: (51) 3103-5299

         (51) 99829.1140

  • YouTube - IBPecan
  • Branco Twitter Ícone
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
WhatsApp Image 2020-04-01 at 16.48.40.jp

By Jonas Janner Hamann 
Associado produtor IBPecan

Criado por FlyUp Soluções Digitais

whatsapp.png